Entre elogios e provocações, imprensa comenta prêmio de Cristiano Ronaldo

Jornais de Barcelona e Argentina citam Messi, enquanto portugueses e madrilenhos falaram da boa temporada

O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2014 | 13h18

SÃO PAULO - A Bola de Ouro conquistada por Cristiano Ronaldo nesta segunda-feira dividiu a imprensa mundial. Mesmo que a temporada do português tenha sido incontestável, periódicos de Barcelona e da Argentina fizeram questão de provocar o meia do Real Madrid ao colocarem o argentino Lionel Messi em evidência.

Na Catalunha, o Mundo Deportivo destacou uma frase do argentino, dizendo que "Não pensa no vice, mas sim no que vem". Além disso, o jornal afirmou que os jogadores do Barcelona, Daniel Alves, Iniesta, Xavi, além do próprio Messi, estão no time ideal eleito pela Fifa. Porém, a capa mais provocativa foi a do Sport. Em sua manchete, o jornal espanhol diz que "Desta vez não ganhou o melhor", e além disso, eles ressaltam o fato de que, desde 2000, o troféu não iria para um jogador que não havia conquistado títulos no ano.

Quem também aproveitou para provocar o português foram os argentinos. O diário Olé deu pouca ênfase em sua capa, mas no destaque, os editores deram a manchete "Messi 4 - Cristiano 2".

Fora a parte de provocações, vieram os elogios à premiação. Em Portugal, o jornal A Bola destacou em sua manchete as lágrimas de Cristiano Ronaldo, que se emocionou no momento de seu discurso. Já o periódico O Jogo mostra uma imagem do meia do Real Madrid chorando, com seu filho ao lado. Na chamada, eles dizem que o mundo está "no bolso" do jogador.

Em Madri, o diário Marca também mostrou o choro de Cristiano Ronaldo. Além disso, o jornal coloca frases do jogador e afirma que suas lágrimas comoveram o mundo do futebol. O As deu um tom mais alegre em sua manchete. Com uma foto do meia sorrindo, os editores frisam que o melhor do ano venceu e ainda trazem um especial com as capas da revista France Football em que jogadores do Real Madrid ganharam a Bola de Ouro.

Criador do prêmio, a France Football já havia revelado sua capa ainda nesta segunda-feira. Nela, é descrita a concorrência do português e afirmam que o jogador teve um ano magistral. Na parte de cima, eles ainda aproveitam para destacar a Bola de Ouro dada a Pelé como honraria. Também francês, o L'Equipe chegou às bancas do país com a manchete "Ouro e lágrimas".

Tudo o que sabemos sobre:
futinterbola de ourocristiano ronaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.