Entrevistado por crianças no Cruzeiro, atacante Willian revela time da infância

'Torcia para o São Paulo quando criança, mas hoje a família é toda cruzeirense', afirma ex-jogador do Corinthians

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2016 | 16h54

O Cruzeiro realizou uma ação promocional nesta terça-feira e promoveu uma entrevista coletiva diferente na Toca da Raposa II. Ao invés de jornalistas, os jogadores escolhidos foram questionados por crianças, graças a uma iniciativa do clube em homenagem ao Dia das Crianças, que será comemorado na quarta.

Rafael Sóbis e Willian foram os entrevistados, e as crianças não se furtaram a fazer as perguntas que lhes vinham à cabeça. Willian, por exemplo, se viu "obrigado" a revelar o time que torcia na infância. "Torcia para o São Paulo quando criança, mas hoje a família é toda cruzeirense", revelou o ex-jogador do Corinthians ao ser questionado por um dos "repórteres".

Apesar da "saia-justa", o jogador levou a experiência positivamente e se mostrou empolgado com a entrevista diferente. "Foi muito legal. As crianças são muito sinceras, foi muito divertido. Elas gostam do Cruzeiro, da gente, nos consideram como ídolos. É sempre gratificante podermos nos divertir com elas", declarou.

Sóbis também mostrou ter gostado da promoção. "Parabéns ao Cruzeiro. Acho que isso é importante para que se crie uma sementinha nos corações dessas crianças, para que elas cresçam e sejam cruzeirenses. A iniciativa foi ótima, muito legal. As crianças fazem perguntas que talvez a imprensa não faria, nos deixam sem saber o que fazer, mas a gente tira de letra. Gostamos muito. Foi uma experiência maravilhosa."

O momento do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, no entanto, não é tão animador. Apesar das duas vitórias seguidas, contra Grêmio e Ponte Preta, o clube segue lutando contra o rebaixamento e precisa triunfar diante do líder Palmeiras, quinta-feira, em Araraquara, para se distanciar ainda mais da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.