?Enturmado?, Romário alerta seleção

Já "enturmado" com os companheiros, o atacante Romário frisou que somente com trabalho e luta o Brasil conseguirá vencer Portugal, neste sábado, às 11 horas, pela semifinal da 1ª Copa do Mundo de Futebol de Areia, na arena de Copacabana. Para o craque, a seleção é superior tecnicamente aos adversários, mas precisa mostrar isso durante a partida. A outra vaga à final da competição será disputada entre França e Japão, às 9h30.O alerta feito por Romário deve-se principalmente ao fato de que em 2001 Portugal se sagrou campeão mundial ao derrotar a seleção, na Costa do Sauípe, na Bahia. E, pela primeira vez, o Brasil ficou sem conquistar a competição em que, das dez edições realizadas, foi o campeão por nove vezes."A seleção é mais experiente do que as outras, mas nada disso ganha partida. Se não trabalharmos e lutarmos até o final não vai adiantar nada", destacou Romário. "Mas a gente está amarradaço, afim de jogar, sabemos das dificuldades, e posso dizer que hoje me considero mais jogador de beach soccer do que ontem." Contra Portugal, a tendência é a de que o técnico da seleção, Índio, não faça modificações na equipe que vêm iniciando as partidas: Robertinho; Júnior Negão, Benjamin, Jorginho e Romário. E é justamente a coletividade outro ponto forte apontado por Romário na busca pelo inédito título da Copa do Mundo. "É um grupo bastante decidido, consciente da responsabilidade e do objetivo a ser alcançado", falou o atacante.Na outra semifinal, França e Japão disputam uma vaga para a final de domingo. Franceses e japoneses são apontados como surpresas da competição, já que eliminaram na quarta-de-final os favoritos Espanha e Uruguai, respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.