Envergonhados, botafoguenses prometem reação

Após goleada de 6 a 0 para o time de São Januário, jogadores assumem responsabilidade pelo mau resultado

AE, Agencia Estado

25 de janeiro de 2010 | 14h23

O elenco do Botafogo se reapresentou na manhã desta segunda-feira no CT João Saldanha ainda abatido pela derrota por 6 a 0 para o Vasco, domingo, no Engenhão. Os jogadores participaram de longa reunião com a comissão técnica e, envergonhados, prometendo uma reação no duelo com o Tigres do Brasil, quarta-feira, no Estádio de São Januário.

"Foi um desastre. Só nos resta pedir desculpas aos torcedores. Mas vamos dar a volta por cima, pois há um grupo de homens aqui. E isso tem de começar já na quarta-feira. Não só com uma vitória, mas também com uma boa atuação para mudar a má impressão que ficou", afirmou o lateral Marcelo Cordeiro.

O goleiro Jefferson disse que o grupo está arrasado por conta da goleada. Ele saiu em defesa do técnico Estevam Soares. "Estamos envergonhados. Se tivesse um buraco no chão, eu enfiava a cabeça. Sabemos que não fizemos um bom jogo e assumimos a responsabilidade. Isentamos o treinador de culpa", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.