Equador anuncia Vizuete como novo treinador da seleção

Novo comandante da seleção não tem apoio de todos, já que a maioria queria alguém de renome

Alexandra Valencia, REUTERS

27 de fevereiro de 2008 | 11h24

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF) escolheu o treinador local Sixto Vizuete como novo técnico da seleção de futebol do país, que tenta se classifcar pela terceira vez consecutiva para uma Copa do Mundo. Vizuete, de 47 anos, substitui o colombiano Luis Fernando Suárez, que pediu demissão do cargo no ano passado após resultados ruins na Copa América e no início das eliminatórios para o Mundial da África do Sul. "Após avaliar o relatório da Comissão de Seleções, a diretoria decidiu quase por unanimidade designar o professor Sixto Vizuete e faz isso convencida de que ele é a pessoa adequada para assumir esse cargo", disse o presidente da FEF, Luis Chiriboga, na terça-feira. Apesar do apoio dos torcedores e da imprensa especializada, a FEF estava relutante em apontar Vizuete e buscava desesperadamente um treinador de renome. Mas como não teve sucesso em negociações internacionais, a FEF não teve outra opção a não ser escolher Vizuete, que tem pouca experiência no futebol profissional. O primeiro desafio do novo técnico será o jogo contra a Argentina, em junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.