Equador aposta em jovens contra Venezuela

O Equador aposta na juventude de seus atacantes para estrear com vitória nas Eliminatórias, neste sábado, contra a Venezuela, às 18h, em Quito. A partida será observada por Jairo Leal, auxiliar-técnico de Carlos Alberto Parreira na seleção brasileira, já que os equatorianos serão os próximos adversários do Brasil, quarta-feira, em Manaus.Hernán Darío Gómez, técnico do Equador, colocará em campo dois atacantes jovens: Baldeón e Tenorio, que ainda não completaram 23 anos. Ele está otimista em repetir o feito das últimas Eliminatórias, em que classificou os equatorianos para a Copa do Mundo pela primeira vez na história."Esta será minha quinta eliminatória e tenho a mesma fome de vencer", disse Hernán Gómez. "E quero que os jogadores tenham a mesma ambição para voltar ao Mundial." O treinador planeja conseguir quatro pontos nas duas primeiras rodadas, o que significa ganhar neste sábado e empatar com o Brasil.As ausências em relação à campanha passada são os atacantes Delgado, machucado, e Kaviedes, por deficiência técnica.Sem muitas perspectivas de ir longe na competição, os venezuelanos querem apenas provar que o futebol no país evoluiu."Estamos cientes do que temos de fazer para ganhar do Equador, viemos fazer um bom papel. A Venezuela tem melhorado gradativamente", afirmou o técnico Richard Páez.O treinador aposta muito no atacante Arango, que joga no Puebla, do México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.