Equador confiante, mesmo sem Aguinaga

O técnico da seleção equatoriana, Hernán Gómez, torceu o mais que pode, esperou até o último minuto, mas teve que se conformar em ficar mesmo sem seu principal jogador para a partida desta quarta-feira, em Manaus, contra a seleção brasileira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Apesar do tratamento intensivo, o capitão do time equatoriano, Alex Aguinaga, não conseguiu se recuperar da contusão na perna sofrida no jogo de estréia, quando o Equador venceu a Venezuelapor 2 a 0, em Quito. Mas a ausência do experiente jogador, de 34 anos, não tira o otimismo do treinador. Segundo ele, o Equador é hoje um time bem diferente daquele que os brasileiros estão acostumados a ver. A classificação para a última Copa do Mundo, fato ocorrido pela primeira vez na história do futebol daquele País, levantou a estima dos jogadores e da torcida equatoriana. Um dos maiores exemplos disso é a presença de 28 emissoras de rádio e uma de televisão equatoriana em Manaus. ?É quase o dobro do número dos jornalistas que costumava acompanhar a seleção", conta o ex-jogador Pablo Muñoz, hoje assessor de imprensa da Federação Equatoriana. A confiança da torcida equatoriana não poderia deixar de contagiar também o treinador. Gómez diz já ter até esquecido da vitória sobre a Venezuela. Seu pensamento está totalmente voltado para o jogo contra o Brasil de forma muito positiva. ?Vamos para ganhar. Isso é o que nós todos queremos. Minha intenção é sempre ganhar", disse o treinador. ?O Brasil tem uma grande equipe e eu também tenho uma grande equipe." A ausência de Aguinaga determinará, no entanto, uma modificação tática no Equador. Ele é quem faz a ligação do meio-campo com o ataque e não existe outro jogador com estas características no elenco. Com isso, Gómez deve manter Tenório em seu lugar, pois considera esta a opção mais acertada para enfrentar os brasileiros. Nas Eliminatórias para a Copa de 2002, o Brasil venceu, no Morumbi, por 3 a 2, com um bonito gol de Aguinaga, e perdeu no Equador por 1 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.