Equador quer vencer o Brasil e convencer

Para os equatorianos, o que valeu foram os três pontos. O nível do jogo na diante da Venezuela? Esse, ninguém gostou. ?Tivemos uma dose de sorte e muita calma nos momentos decisivos?, escreveu o editorialista do jornal El Comercio, definindo o sentimento da maioria dos torcedores. O técnico Hernán Dario Gomez chegou a perder a paciência duas vezes no jogo de sábado, vitória por 2 a 0 (gols de Espinoza e Carlos Tenório). ?Temos um time maduro e que poderia ter apresentado muito mais do que aquilo da estréia?, disse neste domingo. ?E é isso que eu espero na quarta-feira, mesmo tendo o Brasil pela frente.? A seleção do Equador embarca nesta segunda-feira para Manaus. Gomez leva na bagagem uma grande esperança. ?É lógico que respeitamos muito o Brasil, o campeão do mundo, mas queremos ganhar mais uma.? Sem medo ? Já a Venezuela perdeu o jogo, mas acredita que também deixou para traz a ?timidez?. Pelo menos é isso que pensa seu técnico, Richard Páez, que acredita que o jogo em casa diante da Argentina poderá ?surpreender muita gente?. ?Vamos lutar pela vitória, pois temos condições para isso.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.