Equador se diz pronto para desafio de receber o Brasil

A situação do Equador nas Eliminatórias da Copa é complicada, mas os jogadores estão otimistas para os duelos contra o Brasil, no domingo, e Paraguai, na quarta-feira, ambos em Quito. A equipe está em sexto lugar, com 12 pontos, no torneio sul-americano classificatório para o próximo Mundial.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 20h52

Veja também:

tabela Eliminatórias da Copa - Classificação

lista Eliminatórias da Copa - Calendário / Resultados

especialVisite o canal especial das Eliminatórias da Copa

"Todos estamos muito bem, todos estamos sabendo o que jogará o Equador, não só nessa partida [contra o Brasil], mas também no que virá depois, e vamos tratar com o nível que se deve estar para enfrentar esse tipo de partida", disse o meio-campista Segundo Castillo, do Everton, da Inglaterra.

O zagueiro Néicer Reascos disse que a equipe está "com o ânimo muito elevado e consciente do que estamos enfrentando". O meio-campista Cristian Noboa, do Rubin Kazan, da Rússia, lembrou a importância de fazer "respeitar o mando de campo" contra os adversários e disse que "o importante é pressionar em todo o campo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.