Equador sonha alto e já fala até em conquista do título

Depois de obter a classificação para a segunda fase de um Mundial, pela primeira vez em sua história, a seleção do Equador sonha com a conquista do título mundial. "Ninguém pode nos tirar a ilusão de sermos campeões", afirmou neste sábado o técnico da equipe, o colombiano Luis Fernando Suárez."A seleção do Equador não se colocou um limite. Vamos esperar para ver até onde chegamos, mas ninguém vai nos tirar a esperança de conquistarmos o título", ressaltou Suárez. A equipe sul-americana se prepara para a partida da próxima terça, em Berlim, contra a Alemanha, que definirá o vencedor do grupo A. Ao final do jogo em que os equatorianos venceram a seleção da Costa Rica por 3 a 0, o volante Antonio Valência e os atacantes Carlos Tenorio e Iván Kaviedes deixaram o campo reclamando de dores provenientes de pancadas. Além disso, os zagueiros Iván Hurtado e Geovanny Espinoza sofreram cãibras em virtude de desidratação.Mas o treinador não quis confirmar possíveis alterações para o confronto com os anfitriões da Copa. "Não tenho limite para o número de alterações que possa fazer. Se tiver que mudar os 11, eu mudarei, porque para mim todos os 23 jogadores que temos são bons".Com relação à equipe alemã, Suárez reconheceu que se trata de uma seleção forte e constante. "Eles sempre buscam o gol adversário, têm um bom jogo aéreo e um dos melhores jogadores do mundo, Ballack". A partida da próxima terça será o primeiro confronto da história entre as duas seleções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.