Equador bate a Bolívia e chega à 2ª vitória nas Eliminatórias

Equador bate a Bolívia e chega à 2ª vitória nas Eliminatórias

Partida disputada sob forte chuva terminou 2 a 0

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2015 | 20h05

O Equador precisou superar o gramado encharcado pela chuva, a retranca da Bolívia e a pouca criatividade de seu ataque. Mas, empurrado pela torcida de Quito, marcou duas vezes na reta final do segundo tempo, venceu por 2 a 0 e manteve os 100% de aproveitamento após estas duas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Além dos seis pontos na tabela, que o deixa na liderança provisória, a seleção equatoriana segue sem ser vazada, após passar na estreia pela Argentina também por 2 a 0. Já a Bolívia chegou à segunda derrota em duas partidas, após cair para o Uruguai na estreia, e ocupa a lanterna das Eliminatórias.

Para derrotar a Bolívia, o Equador precisou superar um péssimo primeiro tempo. O gramado encharcado do Estádio Olímpico de Atahualpa impedia a criação da equipe que mais buscava o ataque, justamente os donos da casa. Para piorar, o único grande momento foi do adversário. Aos 32 minutos, Campos bateu falta pela direita e a bola explodiu no travessão.

Somente no segundo tempo, quando a chuva diminuiu e a seleção passou a atuar no lado menos encharcado do gramado, o Equador cresceu. Viu Vaca impedir o primeiro ao fazer belas defesas nas finalizações de Ayovi e Martínez, e ainda acertou a trave em chute forte de longe de Cazares.

O mesmo Cazares seria o responsável por deixar Bolaños de frente para o gol aos 35 minutos, em linda tabela. O atacante, então, dominou e tocou sob o goleiro para marcar o primeiro. Já nos acréscimos, Caicedo recebeu na área e foi derrubado por Vaca. Ele mesmo cobrou o pênalti e selou o placar.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.