Brigada de bombeiros da Itália/EFE
Brigada de bombeiros da Itália/EFE

Time da 3ª divisão da Itália vive momentos de pânico com terremoto

Tremor na região central italiana afeta hotel onde a delegação do Foggia fazia sua pré-temporada

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2016 | 09h20

O forte terremoto que atingiu a Itália nesta quarta-feira afetou também uma equipe de futebol, o Foggia, que atualmente está na terceira divisão. A equipe, que já viveu melhores momentos na Série A do calcio, realizava sua pré-temporada na cidade de Norcia, na região de Úmbria, quando sentiu o tremor que destruiu a região central do país e passou por momentos de pânico.

O Foggia estava às vésperas de estrear na Série C1. O terremoto, de magnitude 6.2, assustou o elenco da equipe do sul da Itália. O técnico Giuseppe di Bari relatou os momentos de tensão que sua delegação passou enquanto a terra tremia. "Por muitos segundos a terra tremeu, e nós não conseguíamos entender o que estava acontecendo. Todos fomos para a rua, não sabíamos o que fazer", relatou.

O tremor causou muitos estragos nas regiões de Úmbria, Lazio e Marche. "Foram momentos de terror, mas todos estamos bem", tranquilizou Di Bari. "O medo foi grande", completou. 

Até o momento, foram confirmadas 38 mortes, de acordo com a imprensa italiana - 35 deles no distrito de Amatrice. "A situação é dramática. Os mortos são tantos, ainda não é possível fazer um balanço porque o processo de resgate está em andamento e tem sido muito difícil", afirmou o prefeito Sergio Pirozzi. Não está definido se o Campeonato Italiano vai parar neste fim de semana em luto pelas vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.