'Era Ronaldinho' no Barcelona acabou, diz ex-treinador

Para Carles Rexach, jogador brasileiro está chateado e precisa encontrar um novo clube

REUTERS

28 de março de 2008 | 11h22

O momento de Ronaldinho Gaúcho no Barcelona chegou ao fim, de acordo com o ex-treinador da equipe Carles Rexach.   Veja também:  Ronaldinho está fora dos Jogos Olímpicos "A era Ronaldinho acabou", disse Rexach ao jornal esportivo Marca desta sexta-feira. "Eu achava que as coisas seriam resolvidas, mas agora todo mundo está contra ele, e parece que ele também está chateado com o clube. Não há saída para essa situação." Rexach, ex-jogador do Barcelona que treinou a equipe em 1991 e novamente em 2001-2002, disse que o clube era parcialmente culpado. "Os diretores do clube deveriam ter feito um pouco mais", disse ele. "Foram muito tolerantes com ele, eles deveriam ter resolvido as coisas antes." Uma sequência de contusões e problemas físicos, somados com especulações da imprensa sobre a vida noturna agitada do jogador, serviram de combustível para reportagens sobre uma possível saída do meia do clube no final da temporada. Entretanto, o presidente do Barcelona, Joan Laporta, negou que haja uma disputa entre o clube e o jogador. O empresário de Ronaldinho, seu irmão Roberto Assis, disse que o jogador foi escolhido como responsável pelos fracassos do clube nas duas últimas temporadas. "Quando as coisas não estão indo bem em um clube grande como o Barcelona, então é compreensível que se procure uma pessoa para ser culpada, mas meu irmão não é a única pessoa responsável por essa situação", disse Assis à rádio RAC 1, nesta sexta-feira. Assis também negou reportagens de que o jogadores poderia recorrer à Fifa para deixar o clube no fim da temporada. "Isso não passou por nossas cabeças", disse ele. "Não fizemos nenhuma ameaça para deixar o clube."   RONALDINHO NÃO É RELACIONADO Ronaldinho não foi relacionado pelo técnico holandês Frank Rijkaard para a partida deste sábado contra o Bétis, pelo Espanhol, e completará seu quarto jogo de fora do Barcelona. A última presença de Ronaldinho foi na derrota de 2 a 1 para o Villarreal no Camp Nou, em 9 de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.