Reprodução/ Twitter
Reprodução/ Twitter

Eric Dier, do Tottenham, vai ter de explicar na justiça o incidente com torcedor

Meio-campista foi até as arquibancadas para discutir com um fã após a eliminação da equipe londrina na Copa da Inglaterra

Redação, Estadao Conteudo

23 de abril de 2020 | 18h47

O meio-campista do Tottenham Eric Dier vai ter de se explicar a um tribunal da Federação Inglesa o motivo pelo qual foi até as arquibancadas para discutir com um torcedor após a eliminação da equipe londrina nas oitavas de final da Copa da Inglaterra, diante do Norwich, dia 4 de março.

A entidade considerou, nesta quinta-feira, que a atitude do jogador foi "inadequada e ameaçadora". Dier vai ter até dia 8 para se apresentar.

Dier teve de ser contido pela segurança do Hotspur Stadium, após pular os outdoors e subir várias fileiras de assentos para repreender um espectador, depois que o Tottenham perdeu para Norwich em uma disputa de pênaltis (3 a 2), após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Uma das versões apresentadas no dia do jogo é de que Dier, de 26 anos, teria visto o torcedor discutir com seu irmão nas arquibancadas e teria ido até o local para defendê-lo.

O incidente lembrou o ataque de Eric Cantona a um torcedor, em um jogo do Manchester United contra o Crystal Palace, em 1995. Após ser expulso, o atacante francês deu uma 'voadora' no torcedor, que estava sentado nas cadeiras. Cantona foi suspenso por oito meses e acusado de agressão pela polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.