Juan Barreto/AFP
Juan Barreto/AFP

Eriksen reconhece atuação ruim da Dinamarca, mas valoriza vitória sobre o Peru

Meia vê efetividade em resultado e admite que partida "não foi muito agradável de se assistir"

Estadão Conteúdo

17 Junho 2018 | 07h34

O meio-campista Christian Eriksen admitiu que a Dinamarca não mostrou um bom futebol na vitória por 1 a 0 sobre o Peru neste sábado, na estreia das duas seleções na Copa do Mundo, em Saransk. Apesar da atuação ruim, o jogador do Tottenham valorizou a vitória no primeiro jogo dos dinamarqueses.

+ Apesar da vitória sobre o Peru, técnico da Dinamarca adverte: "Tivemos sorte"

+ Gareca diz que derrota do Peru foi injusta: "Eles foram mais efetivos"

+ Confira o resumo do dia da Copa do Mundo

"Conquistar três pontos é a única coisa que podemos levar desse jogo. Certamente não estávamos no nosso melhor. O Peru estava bem organizado e nos dificultou muito. Mas nem sempre é necessário jogar um futebol incrível para vencer. Você não encontra muitas chances em uma Copa e é bom ver que podemos ganhar mesmo que não seja muito agradável de assistir", analisou o meia.

"Nós conseguimos contê-los apenas em alguns momentos durante a partida", reconheceu o técnico da Dinamarca, Age Hareide. "Nós constantemente perdemos a bola e alguns duelos no meio-campo, e tivemos dificuldade para criar situações no ataque", concluiu o treinador, que poderá ter de lidar com baixas na equipe.

 

O meio-campista William Kvist foi substituído aos 30 minutos do primeiro tempo contra o Peru, por causa de uma lesão na costela, e o zagueiro Andreas Christensen saiu aos 35 da etapa final, com cãibras.

Com três pontos e o segundo lugar na classificação do Grupo C, a Dinamarca vai enfrentar a Austrália na próxima partida, às 9 horas (de Brasília) de quinta-feira, em Samara, e a França, às 11 horas (de Brasília) do dia 26, no Estádio Luzhniki, em Moscou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.