AP /Peter Dejong
AP /Peter Dejong

Eriksen vibra com gol em volta à seleção da Dinamarca após parada cardíaca

Jogador retorna com gol em amistoso com a Holanda e comemora: 'Mostrei que posso jogar'

Redação, Estadão Conteúdo

26 de março de 2022 | 23h38

O meia Christian Eriksen fez neste sábado seu aguardado retorno à seleção da Dinamarca. Nove meses após assustar o mundo do futebol ao sofrer uma parada cardíaca no gramado, o jogador de 30 anos mostrou estar em boas condições de jogo, ao disputar o segundo tempo inteiro, com direito a um gol, apenas dois minutos após entrar em campo.

"Eu fiquei feliz por poder mostrar que ainda posso jogar. Parece que nunca estive longe do time", disse o dinamarquês, em entrevista a um canal holandês. "Foi emocionante estar de volta à seleção, mas eu perdi poucos jogos da equipe nos últimos dez anos. Então, me considero parte da família."

Eriksen assustou o mundo do futebol no ano passado ao sofrer um mal súbito em campo na estreia da Dinamarca na Eurocopa. Uma parada cardíaca paralisou o jogo, silenciou as arquibancadas e foi transmitida ao vivo para o mundo todo. Ele foi ressuscitado ainda no local durante 15 minutos.

Após superar a parada cardíaca, o meia fez seguidos exames até ter implantado em seu coração um cardioversor desfibrilador implantável (CDI). O aparelho acabou causando sua saída da Inter de Milão, time que defendia, porque o Campeonato Italiano não permite o uso do aparato. Totalmente recuperado do susto, ele voltou a atuar no mês passado pelo Brentford, da Inglaterra.

"Estar de volta é algo sempre bonito", disse o jogador, em holandês na entrevista - ele defendeu o Ajax por três anos. "Eu tive muitos belos anos aqui", relembrou. Ao longo da partida, Eriksen foi exaltado e ovacionado até mesmo pela torcida da anfitriã Holanda. "(O que aconteceu) É parte de mim e também é parte do mundo", comentou, em referência à parada cardíaca ao vivo.

O retorno do meia dinamarquês foi comemorado também pelos rivais. "Tive até arrepios. É ótimo tê-lo de volta. E, como ele balançou as redes e até acertou uma bola na trave, mostra seu alto nível no futebol", disse o zagueiro Matthijs de Ligt, acostumado a enfrentar Eriksen como defensor da Juventus, na época em que o dinamarquês atuava na Inter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.