Eriksson se oferece para dirigir Brasil

O técnico da Inglaterra, o sueco Sven-Goran Eriksson, admitiu neste sábado que sonha em comandar a seleção brasileira. Em entrevista ao jornal britânico The Sun, ele se ofereceu para ocupar o cargo de Carlos Alberto Parreira a partir de 2008, quando acaba seu contrato com os ingleses."Em 2008 terei 60 anos, mas gostaria de seguir sendo técnico de futebol e, embora pudesse ter muitas propostas, a verdade é que eu ficaria muito feliz de treinar a seleção do meu país ou a do Brasil", afirmou Sven-Goran Eriksson, que, antes disso, tentará levar a Inglaterra ao título mundial. "Podemos chegar à final da Copa de 2006, mas devemos acreditar na vitória e treinar mais tempo antes das grandes competições.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.