Divulgação/Fluminense
Divulgação/Fluminense

Escalado entre reservas do Flu para pegar Santos, Rodolfo exalta 'chance da vida'

Goleiro espera aproveitar a oportunidade para ganhar pontos com o técnico Marcelo Oliveira

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2018 | 14h38

A confirmação do técnico Marcelo Oliveira de que levará os reservas do Fluminense para encarar o Santos, neste sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, dará oportunidade a diversos nomes que pouco vêm atuando. Entre eles, o goleiro Rodolfo, que considerou esta a chance de sua vida de mostrar trabalho.

"Vou tentar ajudar o Fluminense do jeito que puder, como estou treinando. Para mim, é a oportunidade de mostrar o meu trabalho. Essa chance eu vou agarrar com unhas e dentes", declarou nesta sexta-feira. "É a oportunidade da minha vida. Vou fazer o máximo que eu puder."

Desconhecido do torcedor até pouco tempo atrás, Rodolfo ganhou destaque ao substituir o titular Júlio César durante o clássico com o Botafogo e garantir o triunfo por 1 a 0, ao pegar um pênalti de Rodrigo Lindoso. Foram apenas duas oportunidades de atuar nesta temporada e, por mais que tenha se destacado nelas, o reserva disse entender a opção de Marcelo Oliveira de mantê-lo no banco.

"Eu respeito muito a decisão do Marcelo Oliveira. Tenho isso na minha cabeça. O Júlio César é o titular. Temos a nossa briga saudável, eu o ajudo a crescer, ele me ajuda a crescer. O Júlio é um goleiro excelente, todo jogo que ele faz sai de campo como um dos melhores. Tenho muito respeito por ele. Tenho ciência que ele é o titular e eu o reserva", comentou.

Neste sábado, Rodolfo terá a difícil missão de frear o artilheiro do Campeonato Brasileiro, Gabriel. "O Gabriel é o artilheiro do campeonato. Por isso, a gente vê vários jogos, ele está sempre na mídia. É um cara que vem fazendo vários gols. Vou estudar bastante para chegar preparado contra ele", garantiu.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.