Escolha de técnico para seleção provoca polêmica no Japão

O presidente do clube japonês JEF United, Hidetaka Ubagai, criticou neste sábado o presidente da Federação Japonesa de Futebol, Saburo Kawabuchi, pela maneira como ele vem conduzindo a procura por um treinador para substituir o brasileiro Zico no comando da seleção local. Kawabuchi tornou público que o principal candidato ao cargo é o bósnio Ivica Osim. No entanto, o treinador tem contrato vigente com o JEF United, e dirigentes do clube disseram que não foram consultados antes do início das conversas entre técnico e federação. "Não gosto dessa maneira de se fazer as coisas", disse o presidente do clube. "Kawabuchi entrou em contato com Osim antes de consultar o clube". Na semana passada, Kawabuchi afirmou que tinha preferência por Osim para o lugar de Zico. Na ocasião, o treinador bósnio se disse honrado pelo convite, mas se confessou indeciso, uma vez que sente que tem a obrigação de cumprir seu compromisso com o JEF United. A seleção do Japão ficou sem treinador logo após a sua eliminação da Copa da Alemanha, ainda na primeira fase. Zico, que foi contratado por Kawabuchi, tinha deixado explícito, antes da competição, que deixaria o cargo ao final da participação da seleção no Mundial.

Agencia Estado,

01 Julho 2006 | 07h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.