Felipe Rau - 18|4|2015
Felipe Rau - 18|4|2015

Escolinha de Cruyff na Zona Leste quer ampliar futebol feminino

Escolinha tem inscrições abertas para meninos e meninas em Ermelino Matarazzo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2017 | 17h15

O projeto de ensino de futebol e cidadania criado pelo jogador holandês Johan Cruyff, falecido no ano passado e que comemoraria 70 anos em abril, abre 45 vagas para meninas e 30 vagas para meninos que tiverem interesse em participar gratuitamente dos treinamentos.  Implantado em vários países, o projeto, mantido pela fundação Johan Cruyff, atende 300 jovens gratuitamente em Ermelino Matarazzo, zona leste de São Paulo.  

A grande novidade é o oferecimento de vagas para as meninas. Desde o início do projeto, há cinco anos, algumas já integravam as equipes. Agora, há também meninas na equipe técnica do projeto. O objetivo é ampliar o futebol feminino no projeto. 

Com foco em crianças e jovens entre 7 e 17 anos, o projeto propõe aos alunos a reflexão sobre valores e noções de cidadania por meio de dinâmicas criadas pela Fundação Cruyff. Atividades educativas baseadas em lemas como respeito, cooperação, participação social e responsabilidade, envolvem os alunos e também seus familiares, estimulando o desenvolvimento social.

Os participantes do Cruyff Court, nome oficial do projeto, são acompanhados por uma equipe multidisciplinar e recebem lanches após os treinos. Mais de 1500 alunos já participaram do projeto.

O Cruyff Court também oferece oportunidades de intercâmbio de profissionais e alunos entre Brasil e Holanda. Cerca de 20 alunos brasileiros já viajaram à Holanda. O holandês Johan Cruyff foi um dos maiores ídolos da história do Barcelona, do Ajax e da seleção de seu país. Ele morreu no ano passado, aos 68 anos, depois de travar uma difícil luta contra um câncer no pulmão. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.