Esgrima garante duas vagas em Atenas

A seleção brasileira de esgrima garantiu neste domingo duas vagas nos Jogos Olímpicos de Atenas, durante o Torneio Pré-Olímpico, disputado na Escola de Educação Física do Exército. Na categoria Florete Feminino, Maria Júlia de Castro Herlotz perdeu a final para a argentina Alejandra Carbone. Porém, ambas as atletas já haviam obtido a classificação. No Sabre Masculino, Renzo Agresta derrotou o argentino Diego Drajer e obteve a vaga. Em Espada Masculina, nenhum brasileiro se classificou para a final. O vencedor foi o chileno Paris Inostroza, que derrotou o argentino Christian Groupierre. Nesta segunda-feira, a competição prossegue. Além disso, será inaugurado no local o novo Centro de Excelência Olímpico de Esgrima. O CT tem dez pistas e modernas instalações e será utilizado pelas equipes brasileiras treinarem para competições internacionais, com destaque para a Olimpíada de Atenas. A cerimônia de inauguração contará com a presença do presidente da Federação Internacional de Esgrima, o francês René Roch, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, e o presidente da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE), Arthur Cramer.

Agencia Estado,

25 de abril de 2004 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.