Eslovacos fazem história após classificação às oitavas

Os eslovacos já fizeram história neste Mundial de 2010. Isto porque após a divisão da ex-Tchecoslováquia em dois países - República Chega e Eslováquia -, em 1993, foi a primeira vez que o país conseguiu se classificar para a disputa de uma Copa do Mundo. Além disso, desclassificou a equipe tetracampeã mundial, a Itália, na primeira fase e, de quebra, passou às oitavas de final, com uma importante vitória por 3 a 2 sobre os italianos. O feito, de acordo com o atacante Jendrisek, serviu, entre outras coisas, para mostrar a todos que a seleção europeia não veio à África do Sul apenas para decretar feriado nacional em sua pátria.

AE/AP, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 15h43

"Mostramos que não estamos aqui [África do Sul] por um feriado", disse o jogador da Eslováquia, acrescentando que a seleção venceu porque foi agressiva em campo. "Quando fomos passivos, os italianos foram mais perigosos, então decidimos que tínhamos que ser muito mais agressivos do que fomos [quando fizeram 2 a 0]", salientou Jendrisek.

O restante do elenco eslovaco não deu entrevistas em apoio ao técnico Vladimir Weiss, que brigou com a imprensa após a derrota por 2 a 0 para a seleção do Paraguai. Os atletas preferiram ficar abraçados em campo depois do apito final.

REPERCUSSÃO - Em Bratislava, capital da Eslováquia, a população entrou em êxtase quando o juiz apitou o final do jogo entre o time nacional e a atual campeã mundial. Até o presidente da nação, Ivan Gasparovic, se rendeu ao momento épico vivido pelo futebol eslovaco.

Por meio de uma nota oficial, o político declarou: "Não foi um milagre o que aconteceu, mas sim a realidade [do futebol eslovaco] em Johannesburgo. Nossos jogadores fizeram tudo o que podiam, o esquema [de jogo] foi fantástico e, por isso, merecemos a vitória". Gasparovic acrescentou ainda que "estou absolutamente encantado, aliás, não só eu, como a Eslováquia toda", finalizou.

A Eslováquia terminou a sua participação na primeira fase do Mundial de 2010 na segunda posição do Grupo F, com quatro pontos. Em primeiro lugar ficou o time do Paraguai, com cinco. Agora, os eslovacos devem encarar o primeiro do Grupo E, provavelmente a equipe da Holanda.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolEslováquiaItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.