Juan Medina|Reuters
Juan Medina|Reuters

Espanha corta Pepe Reina por lesão e chama jovem goleiro como substituto

Técnico convoca Kepa Arrizabalaga, de 22 anos, que defende o Athletic Bilbao

Estadão Conteúdo

22 de março de 2017 | 17h34

O goleiro Pepe Reina foi cortado nesta quarta-feira da seleção espanhola. Segundo informações publicadas em comunicado divulgado pela Real Federação Espanhola de Futebol em seu site oficial, a decisão foi tomada devido a um problema muscular do jogador, de 34 anos, que não evoluiu como esperado.

A saída de Reina, que atualmente defende o Napoli, abriu espaço para o jovem Kepa Arrizabalaga, de 22 anos e atualmente no Athletic Bilbao, que já treinou com a equipe dirigida pelo técnico Julen Lopetegui nesta quarta-feira.

Além disso, o lateral Dani Carvajal, do Real Madrid, ficou fora dos treinamentos da seleção espanhola pelo segundo dia consecutivo. A medida foi tomada por precaução, pois o jogador, de 25 anos, está gripado.

A Espanha terá dois confrontos nos próximos dias. Primeiro, nesta sexta-feira, enfrenta Israel, em Gijón, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018. O time lidera o Grupo G da competição com dez pontos ganhos, juntamente com a Itália, mas leva vantagem no saldo de gols (14 a 7). A equipe israelense vem em terceiro, com um ponto a menos. Depois, no dia 28, a seleção espanhola faz um amistoso contra a França, no Stade de France, em Paris.

As surpresas na lista de Lopetegui para os próximos compromissos da seleção espanhola foram Gerard Deulofeu, do Milan, e Asier Illarramendi, da Real Sociedad, e Pedro, do Chelsea, que também voltou a ser lembrado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.