Espanha derrota a Arábia e garante a liderança do grupo

Com boas atuações de Reyes, Joaquín e Fábregas, os reservas da Espanha derrotaram nesta sexta-feira a Arábia Saudita, treinado pelo brasileiro Marcos Paquetá, por 1 a 0, e garantiram a primeira posição do Grupo H. Agora, eles vão enfrentar nas oitavas-de-final da Copa o segundo colocado do Grupo G.Mesmo precisando vencer por quatro gols de diferença para tentar a classificação, a Arábia não conseguiu passar do meio-de-campo no primeiro tempo e o único chute dado em direção ao gol de Cañizares só aconteceu aos 39 minutos, com o atacante Al Jaber - por sinal, a batida saiu fraca, sem perigo.Os meias Reyes, Joaquín e Fábregas conseguiam passar livremente pela marcação árabe. Eles articularam as principais jogadas espanholas, que só não terminavam em gol por causa da péssima pontaria do atacante Raúl. Preocupado, Paquetá ficava à beira do campo, gritando com os jogadores, mas a Arábia mal conseguia dar quatro toques seguidos na bola.Apesar do domínio espanhol, o goleiro Zaid fazia uma bela atuação e fechava o gol. A torcida já começava a ficar impaciente. No entanto, numa falta cobrada por Reyes aos 35 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Juanito subiu livre de marcação e usou a cabeça para marcar o gol da Espanha na partida.A Espanha manteve o ritmo na segunda etapa, mas novamente pecava nas finalizações. López e Joaquín arriscavam de todas as posições do campo, só que a bola insistia em não entrar. Os torcedores que foram a Kaiserslautern acompanhar a partida ficavam no desespero, a cada nova chance perdida.Como a bola insistia em não entrar, Aragonés decidiu retirar o meia Reyes, aos 24 minutos do segundo tempo, para colocar o atacante Fernando Torres, artilheiro espanhol na Copa com três gols. Mas a alteração não deu certo e a Arábia se recuperou no jogo. Sulimani, e Al Temyat começaram a chutar de longe e o goleiro Cañizares teve que se esforçar para evitar o empate.Aos 43 minutos do segundo tempo, o atacante Al Harthi perdeu um gol da marca penal - ele estava livre de marcação e chutou sobre o gol de Cañizares. Restou a Espanha se contentar com o magro 1 a 0, resultado que garantiu o 100% de aproveitamento na Copa.Ficha técnica:Arábia Saudita 0 x 1 EspanhaArábia Saudita - Zaid; Dokhi, Sulimani (Massad), Al Montashari e Tukar; Kariri, Noor, Khathran e Aziz (Al Temyat); Al Jaber (Al Hawsawi) e Al Harthi. Técnico: Marcos Paquetá. Espanha - Cañizares; Salgado, Juanito, Marchena e López; Albelda, Iniesta e Fábregas (Xavi); Joaquín, Reyes (Fernando Torres) e Raúl (Villa). Técnico: Luis Aragonés.Gol: Juanito, aos 35 minutos do primeiro tempo.Cartões amarelos: Al Jaber, Albelda, Reyes, Marchena e Al Temyat. Árbitro: Coffi Codjia (Benin).Local: Fritz-Walter-Stadion, em Kaiserslautern.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.