Espanha e Portugal com candidatura conjunta para Copa 2018

Federações dos dois países assinaram acordo para, juntos, realizar o Mundial seguinte ao que será no Brasil

EFE

19 de janeiro de 2009 | 11h48

Espanha e Portugal chegaram nesta segunda-feira a um acordo para apresentar uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2018. Gilberto Madail e Ángel María Villar, presidentes das federações portuguesa e espanhola de futebol, respectivamente, assinaram um documento que sela o compromisso entre os dois países. Madail declarou que está confiante na vitória do projeto, que recebeu apoio formal do Governo português na última semana. A Espanha luta para receber o seu segundo Mundial. O país sediou a edição de 1982, na qual a Itália se sagrou campeã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.