Espanha escorrega em casa e não sai do 0 a 0 com a Rússia

A Espanha mostrou seu costumeiro problema no sistema ofensivo e não saiu de um decepcionante 0 a 0, em casa, contra a Rússia, neste sábado. O técnico Luis Aragones tentou usar um esquema ofensivo, o 4-3-3, que pretende usar na Copa do Mundo, com Fernando Torres, Luis Garcia e David Villa fazendo a trinca do ataque. O esquema até deu certo durante os 20 primeiros minutos de partida, quando a seleção espanhola perdeu algumas oportunidades, mas não teve competência para furar a defesa russa.O capitão Raul, que começou o jogo no banco, teve uma grande chance logo no início do segundo tempo, quando passou por dois zagueiros russos e perdeu um gol cara a cara com o goleiro Igor Akinfeyev. Outro que perdeu uma boa oportunidade de abrir o marcador para a Espanha foi o atacante Jose Antonio Reyes, que também veio do banco. Aos 16 minutos o jogador do Arsenal arrematou de longe para uma grande defesa do arqueiro russo. A Espanha ainda faz amistosos contra Egito e Croácia antes de sua estréia no mundial, dia 14 de junho contra a Ucrânia, em Leipzig. As outras equipes que o selecionado espanhol pega na primeira fase da Copa são Tunísia e Arábia Saudita, pelo grupo H.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.