Espanha mantém aposta nos recém-recuperados Raúl e Xavi

O atacante Raúl, do Real Madrid, e o volante Xavi, do Barcelona, que ainda não estão totalmente recuperados de lesões no joelho sofridas durante a temporada, foram convocados nesta sexta-feira para mais um "encontro de convivência" que será realizado pelo técnico da seleção da Espanha, Luis Aragonés, na próxima segunda-feira. O brasileiro Marcos Senna, do Villarreal, que tem cidadania espanhola e jogou um amistoso este ano, também faz parte do grupo de 27 jogadores. Nos encontros, não há treinamentos, apenas palestras e avaliações. Raúl voltou a jogar há mais de um mês, mas ainda não conseguiu se estabilizar como titular do complicado Real Madrid. Xavi, que ficou cinco meses afastado, voltou no último sábado, contra o Cádiz. Por outro lado, Aragonés não quis apostar em Vicente, do Valencia, que também se recupera de contusão, mas no tornozelo. A lista definitiva só deve ser anunciada pelo técnico no dia 15 de maio, prazo-limite estipulado pela Fifa. Antes do Mundial, a Espanha, que está no Grupo H, faz três amistosos: pega a Rússia, em Albacete, em 27 de maio; enfrenta o Egito, campeão africano, em Elche, no dia 3 de junho; e desafia a Croácia, no dia 7, em Genebra, na Suíça. A estréia no Mundial será no dia 14 de junho, em Leipzig, contra a Ucrânia.

Agencia Estado,

05 Maio 2006 | 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.