Espanha não tira recorde do Brasil na Copa das Confederações

Em 1999, no México, a seleção brasileira goleou a Arábia Saudita por 8 a 2 e garantiu a maior vitória do torneio

EFE

15 de junho de 2009 | 10h00

BLOEMFONTEIM - Apesar de a Espanha ter atropelado a Nova Zelândia por 5 a 0 em sua estreia na Copa das Confederações, o Brasil segue como equipe que conseguiu o melhor resultado em toda a história da competição.

Veja também:

linkEspanha goleia Nova Zelândia com três gols de Torres

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Na semifinal da edição de 1999, no México, a seleção brasileira arrasou a Arábia Saudita por 8 a 2. Ronaldinho Gaúcho foi o destaque, balançando as redes três vezes. No entanto, a equipe perderia a decisão para os donos da casa por 4 a 3.

O segundo maior placar também é do Brasil: os 6 a 0 na Austrália que deram o título da Copa das Confederações de 1997, o primeiro na história da seleção.

Na vitória de domingo, a Espanha conseguiu o recorde de gols marcados mais rapidamente, com Fernando Torres balançando as redes entre seis e 17 minutos.

A melhor marca anterior era do checo Vladimir Smicer, que fez o mesmo com 29 minutos na goleada de 6 a 1 de seu país sobre os Emirados Árabes, em 1997.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.