Espanha pega Tunísia em busca de vaga nas oitavas

A Espanha enfrenta a Tunísia nesta segunda-feira, às 16 horas (de Brasília), em Stuttgart, com o objetivo de conseguir antecipadamente uma vaga nas oitavas-de-final da Copa do Mundo. Para isso, basta uma vitória, nem que não se repita a brilhante atuação da estréia, quando goleou a Ucrânia por 4 a 0, em Leipzig."Temos de manter os pés no chão e encarar esse jogo como se fosse uma final", diz o zagueiro Marchena. "Espero que as coisas continuem indo bem, mas ficarei feliz com uma vitória por 1 a 0", faz coro o zagueiro Sergio Ramos, que será mantido como lateral-direito pelo técnico Luis Aragonés.O treinador repetirá, na verdade, toda a equipe da estréia, mantendo os experientes Raúl e Albelda no banco e deixando os novatos David Villa e Fernando Torres no ataque, municiados por Luis García. Ele teme a qualidade do meio-de-campo tunisiano e espera um jogo mais difícil que contra a Ucrânia, mas acredita que sua equipe pode levar vantagem. "Eles têm um time mais técnico, porém mais lento, o que pode facilitar nosso trabalho", explica.Na Tunísia, o técnico Roger Lemerre deve fazer uma mudança no time que conseguiu ns descontos um empate contra a Arábia Saudita na estréia: a entrada de Nafti, que entrou no segundo tempo, no lugar de Mnari. Ele admite que precisa mexer no time, mas prefere fazê-lo de modo "homeopático" - e ainda não poderá contar com o brasileiro Francileudo dos Santos, que não se recuperou de lesão muscular e tenta se recuperar para a última partida da primeira fase, contra a Ucrânia."Nós temos capacidade para obter um bom resultado", garante o treinador, que ainda persegue sua primeira vitória em Copas - fracassou à frente da França em 2002. A receita, segundo os jogadores, é a marcação cerrada para evitar a armação de jogadas. "Se os deixarmos jogar estamos perdidos", atesta o meia Chedli. "Se Deus quiser, podemos causar uma grande surpresa", garante o zagueiro Jaidi, autor do gol de empate nos acréscimos do jogo contra a Arábia.Ficha técnicaEspanha x TunísiaEspanha - Casillas, Sergio Ramos, Pablo, Puyol e Pernía; Xabi Alonso, Marcos Senna, Xavi e Luis García; Torres e Villa. Técnico: Luis Aragonés.Tunísia - Boumnijel; Trabelsi, Jaidi, Haggui e Jemmali; Namouchi, Nafti, Bouazizi e Chedli; Chikhaoui e Jaziri. Técnico: Roger Lemerre.Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Brasil).Local: Gottlieb-Daimler-Stadion, em Stuttgart.Horário: 16 horas (de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.