Espanha se despede e parte para amistoso contra Croácia

Em cerimônia que contou com a presença do presidente do governo, José Luis Zapatero, a seleção da Espanha se despediu de seus torcedores assegurando que fará um grande papel no Mundial. Antes de chegar à Alemanha, contudo, a equipe espanhola fará um amistoso nesta quarta-feira contra a Croácia, em Genebra, na Suíça. O embarque para a Alemanha está marcado para o mesmo dia.O técnico Luis Aragonés e o capitão Raúl González se reuniram em separado com Zapatero e com o ministro de esportes, Jaime Lissavetzky. Em seguida, Zapatero tomou café da manhã com a delegação em um hotel próximo ao aeroporto internacional de Madri e desejou boa sorte à equipe, que tem estréia na Copa marcada para o dia 14, contra a Ucrânia, em Leipzig, pelo grupo H. Apesar do fraco histórico da Espanha em Mundiais - sua melhor colocação foi um quarto lugar na Copa de 1950, realizada no Brasil - Zapatero disse estar convicto de que "desta vez, vamos realmente realizar uma grande campanha". Ele mencionou o bom momento pelo qual passa o futebol espanhol, ressaltando os títulos do Barcelona, na Liga dos Campeões da Europa, e do Sevilha, na Copa da Uefa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.