Espanha vence de virada a Tunísia e garante vaga na 2ª fase

Motivada pela goleada imposta na estréia, a Espanha conseguiu uma grande vitória ao bater a Tunísia, de virada, por 3 a 1, nesta segunda-feira, e garantir a vaga antecipada às oitavas-de-final da Copa do Mundo da Alemanha. O confronto foi disputado no Estádio Gottlieb-Daimler, em Stuttgart. De quebra, a "Fúria" manteve a invencibilidade de 24 jogos - a última derrota aconteceu na Eurocopa, para Portugal, no dia 20 de junho de 2004.O resultado mantém os espanhóis na primeira colocação do Grupo H, com seis pontos, três à frente da Ucrânia, que assumiu o segundo posto da tabela após golear a Arábia Saudita por 4 a 0. A Tunísia está em terceiro (1 ponto). Os tunisianos abriram o marcador logo aos 8 minutos do primeiro tempo. Em um rápido contra-ataque, Jaziri fez grande jogada pela direita e tocou para Mnari, que invadiu a área e tentou duas vezes para vencer o goleiro Iker Casillas.Em desvantagem, a Espanha se jogou para o ataque e teve inúmeras oportunidades de empatar. Na melhor delas, aos 43, Xavi cobrou escanteio e Xabi Alonso cabeceou com força, mas o lateral Ayari tirou em cima da linha. Melhores em campo, os espanhóis chegaram ao empate aos 26 minutos da etapa complementar, em um lance que contou com dois atletas que haviam entrado após o intervalo. Depois de boa jogada pela direita, Fábregas mandou rasteiro e Bomnijel espalmou. Na sobra, Raúl só teve o trabalho de mandar para as redes. Cinco minutos depois, o time de Luis Aragonés virou. Em nova jogada de Fábregas, o meia do Arsenal deixou Fernando Torres sozinho. O atacante tirou o arqueiro tunisiano da jogada e bateu para o gol vazio.Nos minutos finais, a Espanha anotou o terceiro. Fernando Torres foi lançado na área e acabou sendo puxado pelo zagueiro Alaeddine Yahia. O juiz brasileiro Carlos Eugênio Simon anotou pênalti, que foi convertido por Torres. Com o tento, o avante do Atlético de Madrid se isolou na artilharia do Mundial, com três.A Espanha tenta manter os 100% de aproveitamento diante da Arábia Saudita, na sexta-feira, em Kaiserslautern. No mesmo dia, a Tunísia busca a sua primeira vitória neste Mundial contra a Ucrânia, em Berlim.Ficha técnicaEspanha 3 x 1 TunísiaEspanha: Casillas, Sergio Ramos, Pablo, Puyol e Pernía; Xabi Alonso, Marcos Senna (Fábregas), Xavi e Luis García (Raúl); Fernando Torres e Villa (Joaquín). Técnico: Luis Aragonés.Tunísia: Boumnijel; Trabelsi, Jaidi, Haggui e Ayari (Alaeddine Yahia); Bouazizi (Ghodhbane), Chedli (Guemamdia), Nafti e Mnari; Namouchi e Jaziri. Técnico: Roger Lemerre.Gols: Mnari, aos 8 minutos do primeiro tempo, Raúl, aos 26, Fernando Torres, aos 31, Fernando Torres, aos 45 minutos do segundo tempo. Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Brasil). Cartões amarelos: Puyol, Fábregas, Ayari, Trabelsi, Jaidi, Guemamdia, Jaziri e Mnari. Local: Gottlieb-Daimler-Stadion, em Stuttgart.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.