Espanhóis vão ao Palestra ver Magrão

Além de tentar ajudar o Palmeiras a se manter vivo no Brasileirão, Magrão tem uma motivação extra para o jogo deste sábado, contra o Atlético-PR: um grupo de dirigentes do Atlético de Madrid, da Espanha, estará presente no Palestra Itália só para observá-lo.Um diretor palmeirense conta que o interesse dos espanhóis pelo futebol de Magrão é antigo. Há alguns meses, chegaram a fazer sondagens junto ao clube e ao empresário do volante, Juan Figer. Quem tem ajudado nas conversas é o ex-zagueiro Luís Pereira, que se destacou no Palmeiras antes de se transferir para o time de Madri, nos anos 70. Atualmente, Luís Pereira vive na capital espanhola e trabalha no Atlético como instrutor das equipes de base.Nenhuma proposta oficial foi feita. Ainda. Por intermédio de Luís Pereira, os palmeirenses já sabem que os espanhóis estão dispostos a abrir negociação. "Não estamos indo ao Brasil a passeio", disse Luís Pereira por telefone, da Espanha. Ele e os dirigentes do Atlético de Madrid chegam neste sábado mesmo ao País.Além de verem a partida do Palmeiras, os espanhóis assistirão a outros jogos, como o clássico São Paulo e Santos, domingo, no Morumbi - o santista Elano também interessa. "Vamos ainda dar um pulo na Argentina, para ver outros atletas", disse Luís Pereira.Procurado pela Agência Estado, Magrão disse, por meio de sua assessoria, que não recebeu nenhum contato do Atlético de Madrid. Seu vínculo com o Palmeiras vai até 2007 e sua multa rescisória estaria na casa dos US$ 5 milhões.

Agencia Estado,

22 de outubro de 2004 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.