Espanhol Busquets reclama do gramado de Bloemfontein

O volante espanhol Sergio Busquets apontou o gramado do estádio Free State, em Bloemfontein, como um dos responsáveis pela atuação ruim na vitória sobre o Iraque. Os atuais campeões europeus não repetiram o bom desempenho dos últimos jogos, e venceram por apenas 1 a 0, em seu segundo jogo na Copa das Confederações.

AE, Agencia Estado

18 de junho de 2009 | 09h13

"Não estivemos em nosso nível habitual por causa do gramado, e também porque nosso adversário armou a defesa com cinco jogadores. Mas o importante é que já estamos nas semifinais", disse o jogador do Barcelona.

Para Busquets, o gramado de Rustenburg - onde a equipe estreou com vitória de 5 a 0 sobre a Nova Zelândia - estava em melhores condições do que o de Bloemfontein. "Aquele gramado estava bem melhor e muito mais rápido", afirmou.

O Free State é utilizado também em jogos de rúgbi, um dos esportes nacionais da África do Sul. Por isso, e também devido às chuvas na região, o gramado não estava em boas condições. Por isso, a Fifa impediu que as equipes treinassem no estádio.

No sábado, os espanhóis fecham sua participação na primeira fase contra os anfitriões, novamente em Bloemfontein. Se empatar, a seleção garante a primeira colocação no Grupo A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.