Mailson Santana/Fluminense FC
Mailson Santana/Fluminense FC

Especialista em pênaltis, Henrique Dourado defende estudo e treino

Para atacante do Fluminense, autor de cinco gols em cobranças, preparo é fundamental para ter sucesso no lance

Ciro Campos, Daniel Batista e Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

15 de julho de 2017 | 17h00

O atacante Henrique Dourado, do Fluminense, é o maior responsável pelo aproveitamento de pênaltis no Campeonato Brasileiro não estar ainda menor neste ano. O artilheiro da competição marcou cinco dos nove gols em cobranças de penalidade e contou que estuda os goleiros adversários para manter seu alto índice.

"Os clubes possuem um departamento de análise de desempenho, que faz as observações pontuais e fundamentais. Assim como eu recebo material dos goleiros, sei que eles também têm o meu. Então é sempre seguir treinando forte para poder executar bem na hora necessária", afirmou o jogador. O estilo dele ao cobrar é de partir lentamente para a bola, olhar para o goleiro e decidir o lado da batida no último instante. 

Henrique preferiu não falar sobre o segredo de seu alto aproveitamento em pênaltis, mas disse que treinar com bons goleiros é fundamental. "Sempre disse que pênalti não é loteria.Tanto o batedor que acerta tem os seus méritos, como o goleiro que defende também", disse. "Gol de pênalti vale igual a gol do meio de campo, de cabeça, driblando todo o time. Tem de ter preparo e treino", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.