Especulações deixam Adriano incomodado

O atacante Adriano, da seleção brasileira e da Inter de Milão, ficou feliz e ao mesmo tempo constrangido com a série de perguntas sobre uma eventual proposta que o Real Madrid teria feito ao clube italiano para tê-lo já na próxima temporada. Mais do que o valor em dinheiro, 50 milhões de euros (cerca de R$ 142,5 milhões), o que deixou o jogador desconcertado foi a informação de que Ronaldo seria incluído na transação, como moeda de troca. "Soube dessa história por um amigo. Não sei se estou valendo tudo isso", admitiu. A notícia, publicada pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport, já foi desmentida pelo presidente da Inter, Massimo Moratti. E, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no Rio, Adriano disse que não pretende deixar a Inter, com quem tem contrato até 2008.Ele avisou também que deseja conquistar um título com a Inter na próxima temporada do futebol europeu. Depois, planeja ganhar a Copa do Mundo, em 2006, na Alemanha. E, como terceiro objetivo, receber o troféu de melhor do mundo, na eleição anual promovida pela Fifa.Adriano deixou claro que o suposto interesse do Real Madrid e também do Chelsea deveria ser esclarecido logo, para que não se sentisse pressionado atuando pelo time italiano. "Essas coisas podem tirar a minha concentração", avisou.Toda vez que era indagado sobre sua valorização profissional, a ponto de estar sendo mais cotado que Ronaldo, Adriano abria um sorriso tímido e até tropeçava em algumas palavras."O que eu quero é seguir o exemplo do Ronaldo e do Ronaldinho Gaúcho", conseguiu dizer o atacante, minutos depois, convicto de que enfim chegara a uma resposta politicamente correta.Melhor atleta e artilheiro da Copa das Confederações, conquistada pelo Brasil no final de junho, Adriano passou uma semana na Sardenha, na Itália, com a namorada Daniele. Contou que pretendia descansar, mas não conseguiu sossego. "A fama é um problema. O assédio, grande. Na Itália, o fanatismo pelo futebol é muito grande. A toda hora eu era requisitado", revelou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.