Divulgação
Divulgação

Espera por Rafael Toloi trava procura por contratações no São Paulo

Clube do Morumbi não pretende contratar defensores enquanto não definir retorno do zagueiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de maio de 2014 | 07h00

SÃO PAULO - A goleada sofrida por 5 a 2 para o Fluminense, na última quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, deixou a diretoria do São Paulo muito mais convencida da necessidade de reforços para a defesa, setor considerado prioridade pelo clube nas próximas negociações de jogadores. O primeiro nome da lista é Rafael Toloi, que está emprestado para a Roma.

Até a definição da vinda dele, o clube não vai procurar nenhum outro jogador. "Os italianos têm a preferência de compra até o fim de junho. Esperamos uma posição deles o quanto antes para definir se procuramos outro jogador ou não", disse o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro. Caso se concretize, a transferência será de R$ 16,5 milhões.

O dirigente afirmou que o clube pensa em outras possibilidades, mas admite a dificuldade financeira e também a necessidade de esperar o desfecho da negociação de Toloi para poder se planejar. Outra possibilidade é esperar o retorno de Breno, que está preso na Alemanha por atear fogo na própria casa. O ex-jogador do Bayern de Munique tem acerto com o São Paulo e chegará ao clube quando for liberado pela Justiça alemã.

"Sabemos da necessidade de reforçar a defesa. O que aconteceu contra o Fluminense, já poderia ter acontecido até mesmo domingo, quando ganhamos do Flamengo, mas sofremos bastante pressão", afirmou Guerreiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.