WERTHERSANTANA/ESTADÃO
WERTHERSANTANA/ESTADÃO

'Está difícil achar um 9', diz presidente do Corinthians

Roberto de Andrade afirma que procura um goleador para Tite

VÍTOR MARQUES, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2015 | 07h05

O presidente Roberto de Andrade admitiu que o Corinthians está com dificuldade para contratar um centroavante. Segundo o dirigente, faltam opções no mercado interno. "Independentemente dos valores, está difícil achar um camisa 9, os que a gente conhece estão bem empregados. E quando achamos um, pede uma fortuna."

A busca por um jogador de ataque, de preferência de área, é um pedido de Tite, que perdeu o principal artilheiro do time, o peruano Paolo Guerrero. Vagner Love, que tem características diferentes, acabou virando titular por falta de opção no elenco. "Queremos um fazedor de gols, essa é a característica que qualquer time precisa e nós também. Quem resolve os nomes é a comissão técnica. Minha parte é dar ou não o aval financeiro."

O Corinthians ficou perto de um acerto com o colombiano Teo Gutiérrez, mas a negociação não vingou. Henrique Dourado, ex-Palmeiras, foi oferecido. Roberto disse que Henrique é "um bom jogador", mas deu a entender que o atacante não será contratado. "Estamos vendo algumas possibilidades, quem sabe nesta semana teremos alguma novidade."

O que é certo é que dificilmente o Corinthians irá contratar um jogador renomado. O clube ainda passa uma crise financeira - ainda há jogadores que têm vários meses de direitos de imagens atrasados.

A boa campanha no Campeonato Brasileiro (o time integra o G4) alivia, de certo modo, a pressão pela busca de reforços. Apesar do desmanche, Tite conseguiu montar um grupo competitivo e encontrou uma base titular. Malcom, autor do gol contra o Atlético-MG, e Love têm formado a dupla de ataque.

Love, no entanto, tem sido criticado por marcar poucos gols. Depois da vitória de sábado, Tite pediu mais paciência com o atacante e que "esqueçam as comparações com os jogadores que saíram."

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians só volta a campo no domingo, quando enfrentará o Coritiba, no Couto Pereira. O meia Jadson, que cumpriu suspensão contra o Atlético-MG, retorna ao time. A baixa será o zagueiro Gil, suspenso ao levar o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 sobre a equipe mineira, no sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRoberto de Andrade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.