Estádio do River é fechado por 2 jogos

As confusões causadas pela torcida do River Plate na partida contra o São Paulo, no último dia 29, pela semifinal da Copa Libertadores da América, renderam a interdição do estádio Monumental de Nuñez por dois jogos, de acordo com a Subsecretaria de Segurança da Argentina, que é presidida pelo ex-árbitro Javier Castrilli. A punição, que será cumprida nas duas primeiras partidas do River pelo Torneio Apertura do Campeonato Argentino, se deveu a duas confusões causadas por torcedores: na chegada ao estádio, o ônibus da delegação do São Paulo foi apedrejado e, durante o jogo, pedras foram arremessadas da torcida do River contra os torcedores do clube brasileiro. Interdição de estádio não é novidade no futebol argentino. Há duas semanas, a mesma Subsecretaria de Segurança puniu o Boca Juniors também com dois jogos fora do La Bombonera por causa das confusões causadas pela torcida no confronto contra o Chivas Guadalajara, do México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.