Estádios da Polônia estão atrasados para Euro 2012

Falhas na construção das escadas de acesso e saída do novo estádio nacional de Varsóvia, na Polônia, podem adiar a inauguração da arena construída para a Eurocopa de 2012, disseram autoridades nesta quarta-feira.

REUTERS

25 de maio de 2011 | 10h20

O estádio às margens do rio Vistula deveria ficar pronto no final de junho, um ano antes de a Polônia co-sediar a Euro 2012 com a Ucrânia.

Mikolaj Piotrowski, da empresa responsável por coordenar os preparativos do torneio na Polônia, foi indagado se a finalização do estádio será adiada.

"Sim, identificamos esses riscos, assim como outros relacionados à qualidade e à segurança. O essencial agora são as conversas com a empreiteira, que devem resultar em um cronograma detalhado para consertar isto," disse ele a repórteres.

"É muito cedo para falar com precisão sobre datas exatas agora. Não existe risco para a Euro 2012, já que ainda temos 380 dias pela frente."

O jornal polonês Dziennik Gazeta Prawna estimou possíveis adiamentos de até 10 meses, acrescentando que também há problemas com instalações elétricas.

Na quarta-feira, os temores das consequências de outros adiamentos -- a mídia local calcula penalidades acima de um milhão de zlotys (356.600 dólares) por dia -- derrubaram as ações de duas empreiteiras de Varsóvia, PBG e Hydrobudowa, que estão construindo a arena em colaboração com a Alpine Bau, braço austríaco da espanhola FCC.

Outro estádio em construção para a Euro 2012, a Arena Báltica PGE, na cidade costeira de Gdansk, perdeu esta semana o direito de sediar um amistoso entre França e Polônio marcado para 9 de junho por não estar pronta.

(Reportagem de Gabriela Baczynska)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTPOLONIAEURO2012*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.