Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

'Estava incomodado com a falta de gols', diz corintiano Roger

Há quase um mês no clube alvinegro, atacante ainda não havia balançado as redes desde que deixou o Inter

Gonçalo Júnior, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2018 | 19h45

Embora tenha feito apenas a segunda partida como titular no Corinthians no empate diante do Sport, por 1 a 1, na Arena Pernambuco, o atacante Roger estava incomodado com a falta de gols. Neste domingo, ele encerrou o “jejum” ao marcar o primeiro gol com a camisa do Corinthians.

+ Roger marca, mas 'mistão' do Corinthians cede empate ao Sport

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

+ São Paulo domina clássico e bate o Santos com gol de Diego Souza

“Estou feliz. É um gol que traz um pouco mais de tranquilidade e confiança. Queria tirar ansiedade do primeiro gol. Eu estava incomodado com isso. Muito incomodado. Eu me cobro muito, mas agora acho que ficarei mais tranquilo”, disse o atacante em Pernambuco. “Estou retomando a melhor forma. Não estava conseguindo fazer isso no início do ano”, completou.

O atacante lamentou que o time não tenha conseguido segurar o empate. Logo após o seu gol, o Sport empatou. “Queria ter vencido. Poderia ter caprichado no último passe. Agora vamos pensar na quinta-feira na Libertadores”, disse Roger, citando a partida diante

O técnico Fábio Carille elogiou a atuação do atacante. “O Roger entrou com um time muito modificado e isso atrapalha um pouco. Foi contra o Ceará e em casa e foi hoje. É mais difícil para a bola chegar por falta de entrosamento. É importante para um centroavante sempre fazer gol. Gostei da participação quando ele saiu da área e jogou curto”, avaliou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.