Estevam faz mistério no São Caetano

Na véspera de disputar seu décimo compromisso dentro do Campeonato Brasileiro, o São Caetano ainda está indefinido para enfrentar o Internacional, neste domingo, no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre. As constantes mudanças no time e também no esquema tático deixam o Azulão com uma campanha irregular e, agora, atrás da reabilitação. Desde o início da semana, o técnico Estevam Soares tem sido misterioso. Talvez ele queira adotar o mesmo procedimento do jogo contra o Atlético-MG, em Minas Gerais, quando o time apareceu com três atacantes e bastante ofensivo na vitória de 3 a 2. Por enquanto, ele mantém o discurso repleto de suspense. "Não tenho pressa porque temos ainda o sábado para ver as melhores opções para enfrentar o Internacional", que também recebeu vários elogios. "É uma equipe muito forte, com bons jogadores de defesa, um meio campo extremamente técnico e um ataque perigoso", disse o treinador. Na defesa, Gustavo deve ocupar a vaga de Thiago, suspenso com três cartões amarelos. Pingo está de prontidão para substituir Claudecir, poupado dos últimos treinamentos por sentir dores musculares. O técnico comandou um tático seguido de coletivo, na manhã desta sexta, no gramado do estádio Anacleto Campanella, sem a presença da imprensa e observadores. Após a derrota para o Santos, o Azulão tenta se reabilitar para melhorar sua posição. No momento, é o nono colocado com 14 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.