Estevam pede: "Pensem na Libertadores"

Ainda no vestiário do Estádio Anacleto Campanella, Estevam Soares, treinador do Palmeiras, deu a ordem a seus comandados: a derrota para o São Caetano deveria ser esquecida. Todos tinham que passar a pensar única e exclusivamente no Tacuary, adversário de quarta-feira, no Paraguai. "É hora de mentalizarmos apenas a Libertadores", falou Estevam.O técnico não gostou da atuação de sua equipe neste domingo, principalmente no primeiro tempo. Por isso, avisou: "Posso fazer mudanças, sim, e já tenho algumas idéias na cabeça". A principal delas é o provável retorno de Marcinho, volante que marca melhor que Corrêa, Claudecir e Magrão.Sem Marcinho, a zaga palmeirense ficou muito vulnerável. "Individualmente, alguns de nossos jogadores não renderam o que eu esperava", disse Estevam, sem citar nomes. Como Claudecir foi o volante substituído no intervalo, é possível que seja ele o escolhido a deixar o time.O curioso é que o treinador havia dito na sexta-feira que tinha encontrado a melhor formação para o Palmeiras. Neste domingo, ele se contradisse. "Quando eu falei que havia encontrado o time ideal, eu me referia ao time ideal para esta partida contra o São Caetano."Todos os jogadores palmeirenses afirmaram que o time não vai se abalar com a derrota. O goleiro Marcos chegou a dizer que o time "está muito bem preparado para a primeira final do ano."O jogo contra o Tacuary é o primeiro do mata-mata que vai definir o quarto integrante do Grupo 4, onde já estão Santo André, Cerro Porteño (também do Paraguai) e Táchira (da Venezuela). A delegação palmeirense viaja para o Paraguai na terça-feira. O jogo de volta acontece dia 9, no Palestra Itália.Nos próximos dias, o Palmeiras deve oficializar a contratação do lateral-esquerdo Fabiano, ex-Atlético Paranaense e São Paulo, e que está no Fenerbahçe, da Turquia. Com o jogador, está tudo certo. Com o clube turco, Alberto Stufaldi, membro do Conselho Gestor de Futebol do Palmeiras, disse que já teve uma "pré-conversa" e que aguarda a liberação para que o jogador realize exames médicos em São Paulo e assine o contrato de empréstimo por um ano com o time do Parque Antártica. Fabiano chega para disputar posição no time titular com Lúcio, muito perseguido pela torcida.Ainda de acordo com Stufaldi, o Palmeiras segue interessado na contratação de um meia. O dirigente diz que tentou Roger, do Benfica, e Giovanni, do Olympiakos, mas não obteve sucesso. Já o colombiano Molina, do Indepediente Medellín, e Djalminha, atualmente sem clube, não estão descartados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.