Estevam rebate críticas de retranqueiro

O técnico Estevam Soares, da Ponte Preta, rebateu as críticas de que o time tenha sido extremamente defensivo no empate sem gols com o Flamengo, sábado à tarde, em Volta Redonda. Segundo ele, os jogadores sentiram a falta de ritmo de jogo e, por este motivo, caíram de produção, principalmente no segundo tempo. "Nós estamos começando a competição agora, enquanto o Flamengo vem de outro ritmo, pois acabou de conquistar o título carioca." Mesmo assim, o empate foi considerado bom resultado por ter sido conquistado fora de casa. O objetivo, agora, é somar mais pontos contra o Goiás, quarta-feira, em Campinas. Tanto que a idéia do técnico é manter a mesma base para que o time "ganhe entrosamento e conjunto". O atacante Weldon, que cumpriu suspensão automática, deve retornar no lugar de Roger. Esta deve ser a única mudança no time, que ganhou folga no domingo e volta ao trabalho na segunda-feira pela manhã. A Ponte soma quatro pontos em dois jogos. A diretoria confirmou o acerto com o volante Flávio, do Palmeiras, que deve se apresentar ao Majestoso também nesta segunda-feira. Por outro lado, confirmou que o zagueiro Gabriel, de 20 anos, vai se apresentar ao Parque Antarctica.

Agencia Estado,

25 de abril de 2004 | 17h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.