Estevam: "Valeu como uma vitória"

O técnico Estevam Soares ficou irritadíssimo com a atuação palmeirense no primeiro tempo do jogo contra o Vitória. Mas elogiou o poder de superação da equipe no fim do jogo. Até os 38 minutos da segunda etapa, o Palmeiras perdia por 2 a 0. Na base do desespero, conseguiu chegar ao empate em 2 a 2. "Pela maneira como foi, esse empate valeu como uma vitória", disse o treinador.O resultado tirou o time da liderança do Brasileirão. Apesar de ter o mesmo número de pontos do Santos (47), o Palmeiras perde nos critérios de desempate - tem 13 vitórias, contra 15 dos santistas.Estevam deixa claro, porém, que seu time tem totais condições de retomar a liderança. Ele afirma que "o Palmeiras não voltará a cometer os erros apresentados há um mês", quando o time chegou a liderar o Brasileirão por três rodadas mas depois caiu vertiginosamente de produção, sem motivo aparente - chegou a ficar três jogos sem marcar um gol sequer.A queda só foi interrompida após seguidas reuniões para "lavar a roupa suja" no elenco. Estevam faz questão de falar sobre isso todos os dias com seus atletas. E diz ter, agora, a receita para que o time não volte a cair de produção. "Muita gente fala que, depois que o time chega na ponta, é muito difícil se manter. Mas eu tenho passado a eles (jogadores) que não é bem assim. Basta manter a ?pegada? e pronto! É isso o que eu tenho dito aos jogadores."O próximo jogo do Palmeiras é contra o Corinthians, domingo. Para essa partida, Estevam poderá contar com o retorno do volante Marcinho, que estava suspenso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.