'Estou feliz, mas não empolgado', diz Muricy após boa vitória no Sul

Depois da vitória sobre o Inter, treinador afirma que São Paulo precisa ser mais consistente para se manter no G-4 do Brasileiro

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2014 | 08h00

O técnico Muricy Ramalho acredita que sua participação tenha sido importante para o São Paulo vencer o Internacional, nesta quarta-feira, no Estádio Beira-Rio, por 1 a 0. "De vez em quando, o técnico acerta uma", disse o treinador são-paulino. "Às vezes, as coisas não saem do jeito que a gente planeja. Estamos procurando o time ideal. Tivemos oito jogadores fora, mas isso acontece toda hora no futebol brasileiro. Temos experiência e sabemos que as coisas acontecem quando seguimos trabalhando. Já temos três vitórias seguidas. Estou feliz, mas não estou empolgado", disse Muricy.

Mesmo na casa do adversário, que vinha de cinco vitórias seguidas, o time paulista conseguiu tocar a bola, fez um jogo equilibrado e suportou a pressão, principalmente no fim do jogo. Com isso, subiu à terceira posição do Campeonato Brasileiro. Muricy afirma que a equipe ainda precisa melhorar.

"Precisamos de maior consistência. Não podemos oscilar tanto. A defesa foi bem, melhorou bastante e não sofremos gols", disse o treinador. Apesar das três vitórias consecutivas, a equipe tropeçou contra equipes medianas, como Chapecoense e Criciúma dentro de casa.

Na vitória sobre o Internacional, o São Paulo mostrou um meio campo consistente, com destaque para as atuações de Hudson e Denilson na defesa, e grande contribuição de Kaká e Ganso. Na zaga, Rafael Toloi e Edson Silva tiveram boas participações, principalmente no jogo aéreo. "Não podemos pensar que tudo está errado na derrota ou que tudo está certo na vitória. Estamos saindo de um nocaute (eliminação na Copa do Brasil pelo Bragantino), mas temos de melhorar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.