Estrangeiros terão que falar inglês para jogar no Campeonato

Novo sistema de imigração poderá dificultar ida do meia Ronaldinho Gaúcho e do técnico Luiz Felipe Scolari

EFE

07 de maio de 2008 | 10h10

Os jogadores estrangeiros procedentes de países que não estão na União Européia (UE) terão que ter um bom nível de inglês caso queiram disputar o Campeonato Inglês, diz o novo sistema de imigração decretado na Inglaterra.   A medida poderia afetar jogadores como o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que segundo rumores interessa ao Manchester City.   O novo sistema também poderia repercutir no futuro profissional do brasileiro Luiz Felipe Scolari, técnico da seleção de Portugal, que também interessa ao Manchester City, segundo a imprensa britânica.   O novo sistema de controle da imigração por pontos apresentado esta semana pelo Governo britânico, que entrará em vigor em outubro, limitará a entrada de trabalhadores qualificados de fora da UE e vetará os que não tem esta qualificação.   Os imigrantes necessitarão de uma oferta de trabalho antes de solicitarem seu visto, a menos que o emprego em questão esteja em uma relação específica com setores com mais escassez de pessoal.   Para poder se candidatar o trabalhador terá que acumular um número de pontos, que são alcançados provando que fala inglês, que realizará um trabalho qualificado, que ganhará mais de 24.000 libras (cerca de 30 mil euros), ou que tem um bom título profissional.   Desta forma, as novas regras envolvem jogadores e treinadores que não são da UE e que desejam trabalhar em equipes do Campeonato Inglês.   Segundo a imprensa britânica, caso esta norma estivesse vigente nos últimos anos, poderia ter dificultado a contratação de jogadores como o argentino Carlos Tévez (Manchester United) e o brasileiro Denílson (Arsenal), que tiveram grandes problemas para aprender o inglês.   Segundo o Ministério do Interior do Reino Unido, os trabalhadores estrangeiros terão que provar "uma habilidade para entender e usar expressões cotidianas e frases muito básicas".  

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.