Estreante em clássicos contra o Vasco, Emerson projeta duelo especial ao Flamengo

Durante a sua primeira passagem pelo Flamengo, em 2009, o atacante Emerson não teve a oportunidade de jogar contra o Vasco. De volta ao clube rubro-negro, o jogador projetou, com ansiedade, o clássico contra arquirrival, adversário direto na luta para fugir da zona de rebaixamento. A partida está marcada para este domingo, na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

25 de junho de 2015 | 18h25

"É um jogo especial por ser um clássico, por ter a necessidade de vencer a partida, pontuar, sair dessa situação que estamos. Certamente vai ser um jogo especial por ser o primeiro", avaliou Emerson após o treino desta quinta-feira, no CT do Ninho do Urubu.

Para o atacante, o clássico será equilibrado devido à situação dos times - ambos estão entre os quatro piores do Brasileirão. "São duas equipes em fase de construção, com novos atletas, treinadores e reforços chegando. Flamengo e Vasco buscam equilíbrio e entrosamento, ter uma cara, talvez seja um dos motivos para não se encontrarem na primeira parte da tabela", considerou.

As atividades foram observadas de perto pelo lateral-direito Léo Moura, ex-jogador do clube, que foi fazer uma visita aos amigos. Após se meter em uma polêmica por negociar a sua ida para o Vasco, o atleta ainda não definiu onde vai jogar no decorrer desta temporada.

O técnico Cristóvão Borges conduziu um treino tático na primeira parte do dia. Mas vetou a entrada de jornalistas, deixando a atividade sob sigilo. Em seguida, os jogadores puderam ser observados treinando finalizações.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoEmerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.