Estréia de Baloy é a novidade no Grêmio

O zagueiro panamenho Baloy é anovidade do Grêmio neste domingo, contra o Corinthians, em SãoPaulo. Para vencer, o time gaúcho terá que superar seu própriodesespero, por estar na zona de rebaixamento, com 19 pontos, e onervosismo que demonstrou na quinta-feira, quando perdeu para oCriciúma por 2 a 0 e errou até passes de dois metros dedistância. A situação é tão ruim que o meia Caio admitiu estarconstrangido a ponto de não sair de casa para não enfrentarprovocações de torcedores. Enquanto ganha Baloy, o técnico Nestor Simionatto perde Roger,suspenso. Nas outras posições, pelo menos, poderá repetir o timede quinta-feira, o que, no momento que vive o Grêmio, já é umprogresso. Apesar disso, é provável que o técnico tire Carlos Miguel, deatuação apagada contra o Criciúma, para escalar Caio. Baloy é uma aposta da diretoria do Grêmio, que diz terinformações de que ele era considerado o melhor estrangeiro nofutebol colombiano. Nos jogos em que o Independiente Medellíneliminou o próprio Grêmio da Libertadores deste ano, Baloydestacou-se nas bolas aéreas e na cobertura de seus companheirosde defesa. Se confirmar a expectativa, solucionará o maiorproblema da defesa tricolor neste ano.

Agencia Estado,

27 de julho de 2003 | 09h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.