Estreia de Muricy dá motivação extra ao Fluminense

O Fluminense faz nesta quinta-feira, a partir das 21h30, no Maracanã, o primeiro jogo do confronto com o Grêmio pelas quartas de final da Copa do Brasil. O duelo decisivo já traz muita motivação ao time carioca, mas, dessa vez, existe um ingrediente especial: a estreia do técnico Muricy Ramalho.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2010 | 07h00

Contratado para o lugar do demitido Cuca, Muricy começou a trabalhar na última segunda-feira. E sua chegada de uma injeção de ânimo no Fluminense. O atacante Fred, por exemplo, acredita que o Maracanã estará lotado nesta quinta. "Estou esperando casa cheia", avisou o principal jogador do time.

"O jogo será uma pedreira. É ainda mais difícil porque o Fluminense está sem Conca (suspenso). O Grêmio vem de uma grande vitória sobre o Inter (2 a 0 no Beira-Rio, pela final do Campeonato Gaúcho), que dá muita moral", comentou Muricy, que ainda terá o desfalque do atacante Alan (teve uma apendicite).

Assim, sem poder contar com Conca e preocupado com as bolas aéreas do Grêmio, Muricy confirmou que o time do Fluminense atuará no esquema tático 3-5-2, com Gum, Digão e Leandro Euzébio como zagueiros. Enquanto isso, Marquinho entra no meio-de-campo e Wellington Silva substitui Alan no ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.