Reprodução
Reprodução

Estreia de Tevez no Boca ofusca liderança do campeonato

Atacante volta ao clube após 11 anos: Bombonera estará lotada

O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2015 | 11h39

Carlitos Tevez reestreará pelo Boca Juniors neste sábado na Bombonera, onze anos depois deixar o clube argentino. El Apache, como é conhecido pela torcida do time mais popular do país, será a grande atração do jogo contra o Quilmes, marcado para as 16h10 do horário de Brasília.

Aos 31 anos, Tevez, no auge de sua carreira, trocou a Juventus de Turim, vice-campeã da Liga dos Campeões e campeã italiana, pelo seu clube de coração, um fato raro no futebol atual. A contratação enlouqueceu os torcedores xeneizes. A Bombonera, que recebeu 50 mil pessoas durante sua apresentação, segunda-feira, estará lotada neste sábado.

"O Boca é único, ninguém pode entender o sentimento que sinto pelo Boca", afirmou Tevez, durante sua apresentação. Tratado como astro, ele se ajoelhou e beijou o gramado do estádio, num gesto pára enlouquecer o torcedor e fazer inveja no rival River Plate. Até Diego Maradona esteve na Bombonera para acompanhar o retorno do atacante. O Boca Juniors é o líder do Campeonato Argentino, com 34 pontos, apenas um a mais que o San Lorenzo. O River Plate tem 31 e o Racing, atual campeão, tem 30. Com a chegada de Tevez, o Boca se torna ainda mais candidato ao título nacional.

"Tevez é um jogador que em sua primeira declaração assumiu a responsabilidade de ser uma das referências da equipe. O grupo todo estava ansioso pela chegada dele", afirmou o treinador do Boca, Rodolfo Arruabarrena. O treinador, além de confirmar a estreia de Tevez, também assegurou a escalação de Tobio, ex-Palmeiras, contratado por empréstimo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.